Home / Bem Estar / Saiba Porque Faz Mal Tomar Refrigerante
malefícios_do_refrigerante

Saiba Porque Faz Mal Tomar Refrigerante

Geladinho, refrescante e consumido amplamente nas residências e comércios – principalmente no calor – o refrigerante é, porém, um vilão que atua na vida de muita gente sem muitas pessoas nem se darem conta dos seus malefícios

Todo mundo está cansado de saber que beber refrigerante engorda e, portanto, a bebida deve ser consumida de forma moderada. O que nem todas as pessoas sabem, ou fingem não saber, é que o refrigerante – inclusive o light – também causa outros problemas para a saúde que são sentidos tanto a curto como a longo prazo.

Especialistas em endocrinologia e demais profissionais da área da saúde vêm alertando, ao longo dos anos,sobre as consequências que beber refrigerante de forma excessiva traz. Dependência é uma delas, por exemplo. Apesar de nenhum estudo confirmar com certeza que ingerir refrigerante causa dependência, na prática nós sabemos que isso não é bem assim.
Por ser refrescante e apresentar um sabor gostoso e agradável, a bebida acaba sendo consumida além do que se deve por justamente nos dar prazer, certo? Porém, os compostos dos adoçantes presentes no refrigerante levam o nosso cérebro ao vício pela substância, querendo sempre mais.

>> Fator Bio: Solução para Emagrecer Naturalmente

O refrigerante zero, que ganhou a simpatia de muitos consumidores nos últimos anos no nosso país, apresenta ainda mais sódio em sua composição do que os refrigerantes tidos como comuns. Esse fato é, ou deveria ser, preocupante, principalmente para aqueles que sofrem de pressão alta, uma vez que o sódio, ainda mais quando consumido demasiadamente é um dos responsáveis pela pressão subir.

Já o refrigerante comum apresenta um nível maior de calorias, que eleva o risco do aumento de peso. Ingerir dois copos de refrigerante por dia não causa necessariamente uma dependência, mas cria um hábito que a longo prazo é prejudicial. Para as crianças o problema é em dobro, uma vez que seus cérebro ainda estão em processo de desenvolvimento, aumentando as chances de uma dependência à bebida ser criada.

Apesar do refrigerante ser o responsável por malefícios para a saúde, a fama de que ele causa celulites, porém, é injusta. O que acontece é que as celulites surgem devido ao consumo excessivo de açúcar e sódio, que faz com que o nosso organismo retenha mais líquidos. O inchaço causado pela retenção de líquidos faz com que as gorduras se acumulem nas nossas células, fator responsável pelo aparecimento das temidas celulites.

>> Fator Bio: Solução para Emagrecer Naturalmente

A quantidade do sódio que nós devemos ingerir diariamente é de até três gramas, e vale lembrar que os alimentos que nós consumimos já têm um pouco de sódio. Portanto, o consumo diário de refrigerante, somado ao sódio que nós consumimos naturalmente no dia a dia, é extremamente ruim para a nossa saúde e nosso corpo.

Além do fato do refrigerante ser um produto que leva muita gente ao vício do consumo, ao sobrepeso e à pressão alta, vale destacar que a bebida é extremamente pobre de nutrientes, ou seja, é um produto que nos oferece apenas calorias vazias e nada de benefícios, e pior: o seu consumo destrói os nutrientes que estão presentes no nosso corpo.
As quantidades de açúcar e adoçante nos refrigerantes comuns e light são os responsáveis pela destruição dos nutrientes, pois queimam e eliminam as vitaminas e minerais que nós ingerimos. Se consumido em excesso então, o refrigerante aumenta as taxas de triglicerídios, o que eleva os riscos de infartos cerebrais, aneurismas e outras doenças graves.

Consumir refrigerante também faz com que o nosso organismo produza mais adrenalina – principalmente os refrigerantes que apresentam mais cafeína em suas composições. Isso leva o cérebro a sentir a necessidade de consumirmos mais açúcar e carboidratos para manter os níveis de adrenalina controlados. Ou seja, nós consumimos refrigerante e sentimos mais vontade de ingerir açúcar.
O refrigerante também possui ácido fosfórico, que é um dos responsáveis pelo comprometimento da saúde dos ossos, uma vez que ele ajuda a reduzir a absorção do cálcio pelo nosso organismo.

Refrigerantes Zero, Diet e Light

Muita gente acredita que se consumir produtos light ou diet estará fazendo um bem pela saúde, mas na verdade não é bem assim. Esses tipos de produtos também devem ter seu consumo controlado, pois, apesar de não serem como as versões comuns, também são pobres de nutrientes e prejudiciais à saúde.

O refrigerante zero, por exemplo, apesar de ser menos calórico quando comparado às versões comuns, apresenta um maior nível de sódio. Isso não somente aumenta o risco de pressão alta, como também leva o nosso corpo a reter mais líquidos, causando inchaço e, consequentemente, aumento de peso.

O fato do refrigerante diet não apresentar açúcar, proteína e gordura em sua composição não o isenta da culpa: para que o seu sabor não seja muito alterado, os fabricantes adicionam outros nutrientes, o que eleva o nível calórico da bebida.

Dez Malefícios do Refrigerante

Além dos malefícios do refrigerante citados acima, destacamos os dez tidos como principais. Atente-se a cada um deles:

1- Diabetes: Por ser carregado excessivamente de açúcar, o refrigerante leva ao aumento do nível de glicose no nosso sangue, além da resistência à insulina. A combinação desses dois fatores aumenta os riscos do diabetes tipo 2 se desenvolver no organismo. O fato do refrigerante possuir muito açúcar também leva ao aumento de peso e ao aumento de triglicérides no sangue.

2- Osteoporose: Refrigerantes feito com cola apresentam ácido fosfórico em suas composições. O ácido fosfórico é um composto químico que eleva os níveis de acidez do sangue. A consequência da ingestão desse composto químico é que o corpo passa a utilizar o cálcio dos ossos para neutralizar o aumento dele no organismo, aumentando os riscos da osteoporose se desenvolver.

3- Doenças cardiovasculares: As chances de doenças cardiovasculares se desenvolverem são maiores com a combinação de gordura no sangue, aumento de glicose e obesidade. Aterosclerose, acidente vascular cerebral (AVC) e infarto do miocárdio são algumas das doenças. O consumo de refrigerantes todos os dias, em um período de 22 anos, aumenta em 20% o risco de infarto para aqueles que ingerem a bebida, segundo um estudo realizado em Harvard.

4- Pressão alta: Os refrigerantes de cola e de guaraná possuem cafeína em suas composições. Acontece que o consumi excessivo e constante de cafeína leva ao aumento da pressão, o que consequentemente aumenta o risco de infarto e outras doenças cardíacas se desenvolverem.

5- Câncer: A bebida recebe diversas substâncias que confere cor durante o seu processo de fabricação. Essas substâncias, porém, são aditivos químicos que intoxicam as células do organismo, além de causar agressões e elevar o risco do desenvolvimento de câncer. Um estudo realizado na Escócia concluiu que consumir refrigerante facilita o surgimento de câncer colorretal e câncer intestinal. No nosso país, os refrigerantes feitos de cola apresentam corante caramelo IV 67 vezes mais do que os refrigerantes comercializados nos Estados Unidos. Na Suécia outro estudo, publicado na American Journal of Clinical Nutrition, concluiu que o consumo diário de uma lata de refrigerante aumenta em 40% os riscos dos homens desenvolverem câncer de próstata.

6- Gastrite: Devido à adição de ácido na sua composição que confere gás, o refrigerante é um dos responsáveis pela azia e gastrite. Isso porque o seu consumo acidifica ainda mais o suco gástrico do nosso organismo, facilitando o desenvolvimento dessas doenças. A gastrite, quando não tratada, pode evoluir para úlcera estomacal.

7- Cárie: Por apresentar elevados níveis de ácido e açúcar, o refrigerante corrói o esmalte dos dentes, prejudicando a saúde deles e aumentando as chances de doenças da gengiva se desenvolverem, como a gengivite.

8- Insônia: A insônia é intensificada com o consumo do refrigerante, uma vez que o alto teor de açúcar e cafeína presente na bebida interfere no ciclo circadiano.

9- Envelhecimento precoce: O consumo excessivo de fosfato acelera o envelhecimento das células e causa osteoporose, além de prejudicar as funções musculares e renais. O refrigerante, por apresentar fosfato, é, portanto, um dos responsáveis pelo nosso envelhecimento precoce.

10- Infertilidade: Bisfenol (BPA) é uma resina que reveste as latas de alumínio dos refrigerantes, e o seu uso está associado ao desenvolvimento de problemas hormonais que levam ao aumento do risco de câncer, obesidade e até mesmo infertilidade.

Considerações Finais

O refrigerante, mesmo nas versões light e diet, possui ácido fosfórico, diversos componentes químicos responsáveis pela descalcificação dos ossos e corantes prejudiciais à saúde. Além disso, ele é um dos responsáveis pelo aumento da pressão alta. O seu consumo não precisa ser totalmente cortado, mas é fundamental que seja controlado. Substituir o refrigerante por água, sucos naturais de frutas e chás é o mais indicado. A obesidade é uma das responsáveis pelo desenvolvimento do diabetes, e o seu desenvolvimento está totalmente ligado ao consumo excessivo de carboidratos, açúcares e alimentos pobres em nutrientes e ricos em gorduras saturadas. Pratique atividades físicas, tenha uma dieta equilibrada e leve uma vida mais leve e equilibrada!

Leia Também:

NOVIDADE no Brasil Chegou Keramaster

Se você chegou até este site, são altas as chances que você queira saber se …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Seja Bem vindo ao Blog!
Portal do Bem Estar
Fique por dentro de nossas dicas e artigos, cadastre-se e receba em seu email grátis!
Sim, quero me cadastrar para receber as novidades e dicas do blog
Não, obrigado!
error: Conteúdo Protegido!